• Edital para Concurso Público IFC-SC 2014, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense

    Informações do Concurso
    • Data inicial das inscrições :
      16/12/2013
    • Data final das inscrições :
      07/02/2014
    • Número de vagas :
      217
    • Órgão para Inscrição :
      www.ifc.ieses.org
    Apostila para o concurso

    Download do Edital

    O Reitor Substituto do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia
    Catarinense ‐ IFC, Professor Maurício Lehmann, no uso de suas atribuições
    legais, considerando a autorização concedida pelo Decreto nº. 7.311, de 22 de
    setembro de 2010, publicado no Diário Oficial da União, de 22 de setembro de
    2010 e da Portaria Interministerial nº. 346, de 26 de setembro de 2013, publicada
    no Diário Oficial da União de 27 de setembro de 2013, dos Excelentíssimos
    Senhores Ministros de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão e da
    Educação e de acordo com as normas estabelecidas pelo Decreto nº. 6.944, de 21
    de agosto de 2009, publicado no Diário Oficial da União de 24 de agosto de 2009,
    e pela Portaria nº. 1.134, de 02 de dezembro de 2009, publicada no Diário Oficial
    da União de 03 de dezembro de 2009, torna pública a abertura do Concurso
    Público de Provas para provimento de cargos da carreira de Técnico‐
    Administrativo em Educação do Quadro de Pessoal Permanente do Instituto
    Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense, de acordo com a Lei nº
    11.091, de 12 de janeiro de 2005, publicada no Diário Oficial da União de 13 de
    janeiro de 2005, sob o regime de que trata a lei nº. 8.112 de 11 de dezembro de
    1990, publicada no Diário Oficial da União de 12 de dezembro de 1990, e suas
    respectivas alterações e, para exercício nos Câmpus discriminados no quadro
    constante no Anexo I deste Edital.
    1. DOS CARGOS E DAS VAGAS
    1.1. O Concurso Público destina‐se ao preenchimento das vagas existentes atualmente e das que ocorrerem dentro do
    prazo de validade do Concurso.
    1.2. Os cargos objeto deste Concurso Público, as respectivas áreas, lotações, as cargas horárias, as vagas e o número total
    de candidatos aprovados (Vagas + Cadastro Reserva) estão indicados.
    a. No Anexo I, item 1 para os cargos da Carreira de Técnico Administrativos em Educação, Nível de
    Classificação E (Nível Superior), conforme Lei Nº 11.091, de 12/01/2005 e alterações;
    b. No Anexo I, item 2 para os cargos da Carreira de Técnico Administrativos em Educação, Nível de
    Classificação D (Nível Intermediário), conforme Lei Nº 11.091, de 12/01/2005 e alterações;
    c. No Anexo I, item 3 para os cargos da Carreira de Técnico Administrativos em Educação, Nível de
    Classificação C (Nível Intermediário), conforme Lei Nº 11.091, de 12/01/2005 e alterações.
    1.2.1. Para os cargos da Carreira de Técnico Administrativos em Educação, Nível de Classificação E (Nível Superior),
    Nível de Classificação D (nível Intermediário) e Nível de Classificação C (nível Intermediário) a carga horária é de
    40 horas semanais, ressalvados os casos previstos na Portaria do MPOG Nº 1.100 de 06 de julho de 2006,
    consolidada na Portaria Nº 97 de 17 de fevereiro de 2012, publicada em 22 de fevereiro de 2012.
    a. A carga horária para os cargos previstos neste Edital poderá ser alocada em quaisquer dos turnos de
    funcionamento de interesse da Instituição.
    1.2.2. A remuneração é a apresentada abaixo, conforme Lei Nº 11.091, de 12/01/2005 e alterações, passando a ter
    vigência a partir de 01 de março de 2014.
    Classe/Nível Vencimento Básico
    E I 01 (Superior) R$ 3.392,42
    D I 01 (Intermediário) R$ 2.039,89
    C I 01 (intermediário) R$ 1.640,43
    a. Ao Vencimento Básico indicado na tabela anterior será acrescentado o Auxílio Alimentação, no valor de
    R$373,00.
    b. Aos servidores que possuírem certificado, diploma ou titulação que exceda a exigência de escolaridade
    mínima para ingresso no cargo do qual é titular será concedido, ainda, incentivo a qualificação, que terá
    por base percentual calculado sobre o padrão de vencimento percebido pelo servidor, na forma do
    Anexo IV da Lei nº 11.091/2005, com redação dada pela Lei nº 12.772/2012.
    EDITAL 259/2013 Página 2
    1.3. As áreas, a escolaridade e demais requisitos exigidos para os cargos objeto deste Concurso Público estão indicados:
    a. No Anexo II, item 1 para os cargos da Carreira de Técnico Administrativos em Educação, Nível de
    Classificação E (Nível Superior), conforme Lei Nº 11.091, de 12/01/2005 e alterações;
    b. No Anexo II, item 2 para os cargos da Carreira de Técnico Administrativos em Educação, Nível de
    Classificação D (Nível Intermediário), conforme Lei Nº 11.091, de 12/01/2005 e alterações;
    c. No Anexo II, item 3 para os cargos da Carreira de Técnico Administrativos em Educação, Nível de
    Classificação C (Nível Intermediário), conforme Lei Nº 11.091, de 12/01/2005 e alterações.
    1.4. As áreas, as atribuições e demais requisitos exigidos para os cargos objeto deste Concurso Público estão indicados:
    a. No Anexo III, item 1 para os cargos da Carreira de Técnico Administrativos em Educação, Nível de
    Classificação E (Nível Superior), conforme Lei Nº 11.091, de 12/01/2005 e alterações;
    b. No Anexo III, item 2 para os cargos da Carreira de Técnico Administrativos em Educação, Nível de
    Classificação D (Nível Intermediário), conforme Lei Nº 11.091, de 12/01/2005 e alterações;
    c. No Anexo III, item 3 para os cargos da Carreira de Técnico Administrativos em Educação, Nível de
    Classificação C (Nível Intermediário), conforme Lei Nº 11.091, de 12/01/2005 e alterações.
    1.5. Após o preenchimento das vagas indicadas, os candidatos aprovados e classificados poderão ser contratados para o
    preenchimento das vagas que vierem a surgir, dentro do prazo de validade do Concurso.
    1.6. Ao fazer a inscrição para o certame, o candidato deverá escolher o seu local de lotação conforme a vaga existente.
    2. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES
    2.1. O Concurso Público será realizado sob a responsabilidade do Instituto de Estudos Superiores do Extremo Sul ‐ IESES,
    obedecidas às normas do presente Edital.
    3. DAS INSCRIÇÕES
    3.1. O processo de inscrição a este Concurso Público dar‐se‐á através da Internet.
    3.2. O Processo de inscrição ao Concurso Público previsto neste Edital pela Internet, ocorrerá em 2 (duas) etapas distintas,
    devendo o candidato proceder conforme descrito nos itens 3.2.1. e 3.2.2. a seguir:
    3.2.1. A primeira etapa do processo de inscrição ao Concurso Público – Edital 259/2013 pela Internet consiste em
    acessar o site www.ifc.ieses.org apontando para “INSCRIÇÕES ONLINE” e, a partir do link específico, preencher
    a Ficha de Inscrição, no período de 10:00h de segunda‐feira, 16 de dezembro de 2013 às 16:00h de sextafeira,
    7 de fevereiro de 2014.
    3.2.2. A segunda etapa do processo de inscrição ao Concurso Público – Edital 259/2013 pela Internet consiste em
    efetuar o pagamento da taxa de inscrição na forma escolhida, até o último dia de inscrições, sexta‐feira, 7 de
    fevereiro de 2014.
    3.2.2.1. Em caso de feriado ou evento que acarrete o fechamento de agências bancárias na localidade em que
    se encontra o candidato, o boleto deverá ser pago antecipadamente.
    3.2.3. O candidato que optar em realizar a inscrição ao presente certame fica ciente e aceita tacitamente que:
    a. O IESES não se responsabiliza por solicitações de inscrição via Internet não recebidas por motivos de
    ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de
    comunicação, bem como outros fatores de ordem técnica que impossibilitem a transferência de dados;
    b. A taxa de inscrição dos candidatos inscritos via Internet deverá ser paga por meio de Boleto Bancário;
    c. As inscrições efetuadas através da Internet somente serão acatadas após a efetivação do respectivo
    pagamento. O simples agendamento e o respectivo demonstrativo não se constituem em documento
    comprovante de pagamento do Valor de Inscrição;
    d. O inteiro teor do Edital estará disponível no endereço eletrônico indicado no item 3.2.1, sendo de
    responsabilidade exclusiva do candidato a obtenção desse documento; e,
    e. Os candidatos inscritos via Internet não deverão enviar cópia de documento de identidade, sendo de
    responsabilidade exclusiva dos candidatos, a inserção de seus dados cadastrais, informados no ato de
    inscrição.
    3.3. Os candidatos que atendam às condições do §1º do Decreto Federal 6.593, de 02.10.2008, deverão efetuar sua
    inscrição nos termos do item 3.2.1, imprimindo o respectivo boleto bancário, não efetuar seu pagamento e entregar a
    seguinte documentação para a obtenção da isenção da taxa de inscrição, protocolando estes documentos na Reitoria
    do IFC, em seu horário de atendimento externo (vide anexo V), até sexta‐feira, 10 de janeiro de 2014.
    a. Cópia do Boleto bancário impresso;
    b. Indicação do Número de Identificação Social – NIS, atribuído pelo CadÚnico;
    c. Declaração de que atende à condição de família de baixa renda, estabelecida pelo item II do Art. 4º do
    Decreto Federal 6.135, de 26.06.2007.
    3.3.1. Alternativamente, por opção do candidato, este poderá remeter os documentos solicitados no item 3.3. para
    CONCURSO IFC – EDITAL 259/2013 – PEDIDO DE ISENÇÃO, A/C Caixa Postal 6545 – CEP 88036‐972 Florianópolis
    (SC), por SEDEX‐ECT, com postagem até sexta‐feira, 10 de janeiro de 2014.
    3.3.2. Até quarta‐feira, 29 de janeiro de 2014, às 18 horas, será disponibilizado no site do concurso, ato deferindo ou
    indeferindo os pedidos de isenção nos termos do item 3.3.
    3.3.3. Os candidatos cujos pedidos forem indeferidos deverão efetuar o pagamento do respectivo boleto bancário,
    até a data limite estabelecida no item 3.2.2 deste Edital.
    EDITAL 259/2013 Página 3
    3.3.4. As informações prestadas no requerimento de isenção serão de inteira responsabilidade do candidato, que
    responderá civil e criminalmente pelo teor das afirmativas.
    3.4. São condições mínimas de inscrição:
    a. Ser brasileiro nato ou naturalizado;
    b. Encontrar‐se no pleno gozo de seus direitos civis e políticos;
    c. Estar quite com as obrigações militares e eleitorais (brasileiro nato); e,
    d. Conhecer e estar de acordo com as exigências do presente Edital.
    3.5. No preenchimento da Ficha de Inscrição são campos obrigatórios:
    a. Nome do candidato;
    b. Data de nascimento;
    c. Código do cargo ‐ lotação;
    d. Número de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Físicas (CPF) válido e em nome do candidato;
    e. Endereço completo ou endereço eletrônico (e‐mail).
    3.6. O Processo de Inscrição somente se completa e se efetiva:
    a. Com o atendimento às condições estabelecidas no item 3.4;
    b. Com o correto preenchimento dos campos obrigatórios estabelecidos no item 3.5;
    c. Com o pagamento correto do Valor de Inscrição para o cargo a que o candidato concorre ou com o
    deferimento ao pedido de isenção apresentado no item 3.3;
    d. Com a concordância do candidato no requerimento de inscrição, efetuada por marcação específica no
    processo de inscrição.
    3.7. O valor de inscrição para este concurso público, a título de ressarcimento de despesas com material e serviços, é o
    constante da tabela a seguir apresentada:
    Nível de Escolaridade Valor
    Técnico‐Administrativo de Nível Superior (CLASSE E) R$ 75,00
    Técnico‐Administrativo de Nível Intermediário (CLASSE D) R$ 60,00
    Técnico‐Administrativo de Nível Intermediário (CLASSE C) R$ 60,00
    3.7.1. O pagamento da taxa de inscrição deverá ser feito em moeda corrente nacional (dinheiro).
    3.7.2. O valor da inscrição, uma vez pago, não será restituído.
    3.7.3. Serão canceladas as inscrições com pagamento efetuado por um valor menor do que o estabelecido e as
    solicitações de inscrição cujos pagamentos forem efetuados após a data de encerramento das inscrições.
    3.8. Cada candidato poderá efetuar:
    a. 1 (uma) inscrição para os cargos de Nível Superior (CLASSE E) e 1 (uma) inscrição para os cargos de Nível
    Intermediário (CLASSE D) neste Concurso Público, ou
    b. 1 (uma) inscrição para os cargos de Nível Intermediário (CLASSE D) e 1 (uma) inscrição para os cargos de
    Nível Intermediário (CLASSE C) neste Concurso Público.
    3.8.1. As provas objetivas serão realizadas em períodos diferenciados, de forma a permitir que os candidatos que
    optarem por efetuar mais do que uma inscrição nos termos do item 3.8 acima possam fazê‐las em horários
    diferentes.
    3.8.2. Havendo números de inscrições em desacordo com o item 3.8, serão canceladas as mais antigas,
    permanecendo a(s) mais recente(s).
    3.9. Será indeferida a inscrição do candidato que não atender aos itens 3.4 e/ou 3.5 e/ou 3.6.
    3.10. Ao preencher sua Ficha de Inscrição e efetuar o pagamento do respectivo boleto, o candidato está declarando tácita,
    expressa e formalmente que preenche as condições de inscrição relacionadas neste Edital.
    3.11. Ao completar e efetivar sua inscrição, o candidato está declarando tácita, expressa e formalmente que conhece e
    aceita as condições estabelecidas no inteiro teor deste Edital e demais instruções específicas, expedientes dos quais
    não poderá alegar desconhecimento.
    3.12. São considerados desistentes os candidatos que tenham realizado sua inscrição via Internet e não efetivado o
    pagamento do valor de inscrição, nos termos do item 3.2.2.
    3.13. Uma vez efetuada a inscrição, não serão aceitos pedidos de alteração quanto à identificação do candidato ou quanto
    ao cargo – lotação escolhido.
    3.14. O candidato que necessitar de condições especiais para a realização de provas deverá remeter para CONCURSO IFC –
    EDITAL 259/2013 – CONDIÇÃO ESPECIAL DE PROVA, A/C Caixa Postal 6545 – CEP 88036‐972 Florianópolis (SC), por
    SEDEX‐ECT, com postagem até sexta‐feira, 7 de fevereiro de 2014, requerimento dirigido ao IESES indicando as
    condições especiais de que necessita, juntando‐o à fotocópia de seu comprovante de pagamento e cópia do Boleto
    bancário impresso.
    3.14.1. Observando os restritos termos do Decreto 3.298/1999, os candidatos portadores de deficiência que
    necessitarem de tratamento diferenciado no dia da prova, ao requerê‐lo, deverão indicar as condições
    diferenciadas de que necessitem para a realização das mesmas.
    3.14.2. Aos deficientes visuais, candidatos que requererem nos termos do subitem 3.14.1, provas em Braile, serão
    oferecidas provas no referido sistema, devendo suas respostas para a prova objetiva serem respondidas em
    Braile pelo próprio candidato. Os referidos candidatos deverão levar para esse fim, no dia da aplicação da
    prova, reglete e punção, podendo ainda, utilizar‐se de soroban.
    EDITAL 259/2013 Página 4
    3.14.3. Aos deficientes visuais, candidatos que requererem nos termos do item 3.14.1, provas “ampliadas” serão
    entregues cartão de respostas e provas ampliadas, com tamanho de letra correspondente à fonte 20, cabendo
    aos candidatos sua leitura e marcação das respostas no respectivo cartão.
    3.14.4. Não haverá realização de provas fora do local e horário marcados para todos os candidatos, todavia, o
    candidato portador de deficiência que necessitar de tempo adicional para realização das provas deverá
    requerê‐lo, com justificativa acompanhada de parecer emitido por especialista da área de sua deficiência, no
    prazo estabelecido no edital do concurso.
    3.14.5. A decisão dos requerimentos previstos no item 3.14 caberá ao IESES, dentro da razoabilidade e disponibilidade.
    3.14.6. O requerimento a que se refere o item 3.14 não se identifica com o requerimento previsto no item 7.1. (vagas
    reservadas a PcD), nem com ele guarda qualquer relação.
    3.15. A não veracidade de declaração apresentada na Ficha de Inscrição ou em decorrência deste Edital, verificada a
    qualquer tempo, implicará no cancelamento da respectiva inscrição ou na eliminação do candidato do Concurso
    Público, se a inscrição já estiver homologada.
    3.16. É vedada a inscrição neste Concurso Público de quaisquer membros, parentes ou assistentes da Comissão do
    Concurso, tanto do IFC, como do IESES.
    3.17. Não haverá inscrição condicional e nem por correspondência.
    3.18. Verificado, a qualquer tempo, o recebimento de inscrição que não atenda a todos os requisitos, será ela cancelada.
    4. DA CONFIRMAÇÃO DAS INSCRIÇÕES, LOCAL E HORÁRIO DE PROVAS E DO INDEFERIMENTO DE INSCRIÇÕES
    4.1. O deferimento e o indeferimento de inscrição serão efetivados por ato do IESES, disponibilizado na página do
    concurso, endereço eletrônico indicado no item 3.2.1, na quarta‐feira, 26 de fevereiro de 2014, até as 18 (dezoito)
    horas.
    4.1.1. No ato de indeferimento das inscrições, somente serão informados a causa do indeferimento e o CPF do
    candidato e, na falta deste, do número do documento de identidade e/ou da ficha de inscrição, não sendo
    informado o nome do mesmo.
    4.2. O local e horário de provas se fará por documento onde estarão indicados o horário, a sala e o estabelecimento em
    que o candidato fará a prova objetiva, expedido até quarta‐feira, 5 de março de 2014 as 18 horas, para o endereço
    eletrônico que o candidato indicou ao efetuar sua inscrição.
    4.2.1. A comunicação feita por intermédio de email é meramente informativa. O candidato deverá acompanhar no
    site do concurso o seu deferimento ou não deferimento de inscrição, bem como seu documento de
    confirmação de inscrição e local de realização de suas provas.
    4.3. Os candidatos que não tiverem recebido o Documento de Confirmação de Inscrição até às 18 horas de quarta‐feira, 5
    de março de 2014, deverão retirá‐lo no endereço eletrônico indicado no item 3.2.1, com a indicação de seu CPF e
    data de nascimento.
    4.4. O candidato é responsável pela conferência do Documento de Confirmação de Inscrição que receber.
    4.4.1. Em caso de ocorrência de divergência do Documento de Confirmação de Inscrição, o candidato deverá solicitar
    a correção ao IESES, indicando o campo a ser corrigido, através do e‐mail correcao@ieses.org e,
    obrigatoriamente, indicando seu nome, seu número de inscrição e cargo a que concorre.
    4.4.2. Será indeferido qualquer pedido relativo ao item anterior (4.4.1), quando o mesmo se constituir em alteração
    das condições expressas na Ficha de Inscrição, nos termos do item 3.13 deste Edital.
    5. DAS PROVAS
    5.1. O concurso constará de aplicação de provas objetiva e prática, de caráter classificatório e eliminatório, de
    conformidade ao disposto nos itens 5.17 e 5.18 deste Edital, em que serão avaliados os conhecimentos e/ou
    habilidades relacionadas aos cargos objeto deste Concurso Público.
    5.2. Não serão fornecidas, por telefone, informações a respeito de datas, locais e horários de realização das provas.
    5.3. Todos os programas objetos das provas e respectivos quantitativos de questões constam do Anexo IV ao presente
    Edital.
    5.4. O candidato que requerer condição especial de prova nos termos do item 3.14 participará do Concurso em igualdade
    de condições com os demais, no que se refere ao conteúdo, à avaliação, ao horário e à aplicação das provas.
    5.5. Para a entrada nos locais de prova, os candidatos deverão apresentar Cédula de Identidade ou carteira expedida por
    órgãos ou conselhos de classe que tenham força de documento de identificação (CRA, CREA, CRC, OAB, etc.), RNE,
    carteira de trabalho e previdência social, carteira nacional de habilitação com foto, passaporte brasileiro ou certificado
    de reservista com foto.
    5.5.1. O documento apresentado deverá estar em perfeitas condições, de forma a permitir, com clareza, a
    identificação do candidato.
    5.5.2. Não serão aceitos protocolos ou quaisquer outros documentos (como crachás, carteira estudantil, identidade
    funcional, título de eleitor, carteira nacional de habilitação ou certificado de reservista sem fotografia, etc.),
    diferentes dos estabelecidos no item 5.5.
    5.5.3. Não serão aceitas cópias de documentos ou papéis em substituição aos exigidos nos itens 5.5, quer eles
    estejam autenticados ou não.
    5.6. Os candidatos deverão, quando de sua inscrição, selecionar seu local de prova objetiva, dentre os seguintes
    apresentados:
    5.7.
    EDITAL 259/2013 Página 5
    Local de Prova Objetiva
    9010 – Araranguá
    9024 – Blumenau
    9037 – Florianópolis
    9043 – Joaçaba
    9052 – Joinville
    5.7.1. O IESES reserva‐se o direito de, na hipótese de força maior, conveniência administrativa ou falta de locais
    adequados, com a devida aprovação da Comissão do Concurso, realizar a Prova Objetiva em outras cidades
    próximas àquelas definidas no item anterior (5.6).
    5.7.2. As provas práticas, para os cargos que as possuírem, e para os candidatos convocados as mesmas, serão
    aplicadas todas na cidade de Blumenau (SC).
    5.8. Os portões dos locais de prova serão fechados às 08 (oito) ou as 14 (quatorze) horas do dia da prova.
    5.8.1. Recomenda‐se que os candidatos compareçam aos locais de prova, com antecedência mínima de 30 (trinta)
    minutos em relação ao horário de fechamento dos portões.
    5.9. As provas objetivas serão realizadas no domingo, 9 de março de 2014, no local que constar do Documento de
    Confirmação de Inscrição, e terão duração de 4 (quatro) horas.
    5.9.1. O tempo necessário ao preenchimento do cartão‐respostas e da folha de respostas da prova discursiva, por
    parte do candidato está incluso na duração prevista da prova, não sendo concedido tempo adicional algum.
    5.9.2. O IESES reserva‐se o direito de, na hipótese de força maior, conveniência administrativa ou falta de locais
    adequados, com a devida aprovação da Comissão do Concurso, realizar a Prova Objetiva em outra data,
    diferente daquela apresentada no item anterior (5.8), comunicando aos candidatos a referida alteração com
    prazo não inferior a 15 dias, ressalvado motivo de força maior ou de calamidade pública, no qual o referido
    prazo pode não ser respeitado.
    5.10. O início das provas será autorizado quando todos os candidatos presentes estiverem alocados nas respectivas salas de
    prova.
    5.11. Não haverá segunda chamada para nenhuma das provas, qualquer que seja a causa ou hipótese.
    5.12. Durante a realização das provas é vedada qualquer tipo de consulta, ou seja, a livros, revistas, folhetos, anotações,
    etc.
    5.13. No dia de realização das provas, não será permitido ao candidato entrar e/ou permanecer na sala de provas com
    aparelhos eletrônicos (telefones celulares, pagers, walkman, agenda eletrônica, notebook, handheld, receptor,
    gravador, máquina fotográfica, máquina de calcular, relógios com qualquer uma das funções anteriormente citadas,
    etc.) ou armas de qualquer tipo. Caso o candidato esteja portando algum destes itens, este deverá ser entregue aos
    fiscais de sala antes do início das provas e somente serão devolvidos à saída do candidato da sala de provas.
    5.14. O descumprimento dos itens 5.11 ou 5.12 implicará na eliminação sumária do candidato, constituindo‐se em tentativa
    de fraude.
    5.15. Os candidatos somente poderão se retirar do local de provas após 2 (duas) horas do início das mesmas.
    5.15.1. Os 3 (três) últimos candidatos de cada sala de provas somente poderão entregar as respectivas provas e
    retirar‐se do local, simultaneamente.
    5.15.2. O candidato, ao encerrar as provas, entregará ao fiscal de prova/sala:
    a. O cartão de respostas da prova objetiva, devidamente assinado no local especificado para tanto;
    b. O caderno de provas.
    5.15.3. O candidato poderá reter para si, apenas, a cópia do cartão de respostas.
    5.16. O IESES, visando preservar a veracidade e autenticidade do Concurso Público, poderá proceder, no momento da
    aplicação das provas, à autenticação digital dos cartões ou de outros documentos pertinentes.
    5.17. O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense e o IESES não assumem qualquer responsabilidade
    quanto ao transporte, alimentação e/ou alojamento dos candidatos, quando da realização das provas deste Concurso
    Público.
    5.18. DA PROVA OBJETIVA
    5.18.1. A Prova Objetiva é composta de 2 (duas) provas: Prova de Conhecimentos Gerais e Prova de Conhecimentos
    Específicos.
    5.18.2. As provas objetivas terão questões com 4 (quatro) alternativas de resposta cada uma, sendo 1 (uma), e apenas
    1 (uma), a correta, sendo o número de questões da prova e de cada matéria especificado junto aos programas,
    no Anexo IV deste Edital.
    5.18.3. Para a realização das provas objetivas, respondidas em cartão de respostas, os candidatos deverão dispor de
    caneta esferográfica preta ou azul.
    5.18.4. O preenchimento do cartão é de total responsabilidade do candidato, sendo expressamente vedado o auxílio
    de terceiro ou de equipamentos na execução desta tarefa, por qualquer que seja o pretexto, sob pena de ser
    atribuída nota 0 (zero) às provas.
    5.18.5. As provas objetivas serão avaliadas na escala de 0 (zero) a 10 (dez), com duas decimais, tendo todas as
    questões de cada prova igual valor.
    5.18.6. Será considerado aprovado na Prova Objetiva, o candidato que obtiver, isoladamente, em cada uma das provas
    – de Conhecimentos Gerais e de Conhecimento Específico, nota igual ou superior a 5,00 (cinco inteiros).

    Comentários

    comentários

    Powered by Facebook Comments

    Concursos por Estados